, , , ,

Dieta ortomolecular - Como Fazer? Quais Benefícios?

Dieta ortomolecular - Como Fazer? Quais Benefícios? A dieta ortomolecular tem por objetivo corrigir as carências e excessos de vitaminas e minerais do organismo através de uma alimentação mais natural e às vezes, recorrendo, inclusive, à suplementação de alguns minerais.

Dieta ortomolecular Benefícios
Dieta ortomolecular - Como Fazer? Quais Benefícios?
Dieta ortomolecular - Como Fazer? Quais Benefícios? A dieta ortomolecular tem por objetivo corrigir as carências e excessos de vitaminas e minerais do organismo através de uma alimentação mais natural e às vezes, recorrendo, inclusive, à suplementação de alguns minerais. Tudo isso causa uma série de desequilíbrios no nosso corpo, desequilíbrios dos quais nem sempre estamos cientes, embora convivamos com suas consequências achando algo normal.

Este equilíbrio de nutrientes proporciona um aumento da imunidade e até emagrecimento se feitas algumas adaptações no cardápio diário.

Benefícios da dieta ortomolecular 

  • A alimentação é o mais natural possível;
  • Desenvolve hábitos alimentares saudáveis;
  • Exige acompanhamento de um profissional, então você sempre saberá como está seu progresso e sua saúde de forma meticulosa;
  • É uma dieta feita sob medida para suas necessidades.

Como funciona a dieta ortomolecular?
A visão ortomolecular do corpo é sistêmica. Se você tem um excesso disso ou daquilo, isto prejudicará o funcionamento de outros órgãos. Estes, por sua vez, prejudicarão outros órgãos e assim por diante. Então, antes de tratar cada órgão ou cada problema de forma individual, a dieta ortomolecular busca tratar a raiz do problema: os elementos essenciais para o funcionamento do corpo.

Como Fazer a Dieta Ortomolecular?
Primeiro é recomendado ir a um médico e nutricionista para fazer exames e definir o que está em desequilíbrio no seu organismo. Só então você será apresentado a um cardápio com a quantidade de calorias e os alimentos certos para o seu corpo. Abaixo sugestões de como fazer essa dieta.

Sugestões de cardápios para a dieta ortomolecular;
  • Frangos organicos;
  • Frutas ou verduras livres de pesticidas ou fertilizadores;
  • Alimentos industrializados só integrais;
  • Proteínas animal como o ovo ou carne vermelha magra;
  • Pasta de amendoim light;
  • Suplementos, vitamínicos ou whey, albumina e etc. 

Top Ad 728x90