, ,

Suplementos vitamínicos benefícios

Os suplementos vitamínicos, se consumidos com a indicação de um médico, podem aumentar a imunidade, prevenir a manifestação de doenças e combater o envelhecimento.

Suplementos vitamínicos benefícios
Suplementos vitamínicos benefícios.
Os suplementos vitamínicos, se consumidos com a indicação de um médico, podem aumentar a imunidade, prevenir a manifestação de doenças e combater o envelhecimento.

De acordo com o nutrólogo Roberto Navarro, o organismo de algumas pessoas tem dificuldade em absorver nutrientes essenciais para manter o sistema imunológico funcionando bem. "Quando há carência alimentar ou má absorção de algum nutriente importante para a eficiência imunológica, como zinco, vitamina C, vitamina A, ferro, entre outras, a suplementação pode trazer benefícios", explica.

No entanto, existe, sim, uma considerável diversidade de vitaminas e suplementos que, de acordo com estudos científicos, de fato valem a pena ser consumidos em condições específicas. Confira, a seguir, um resumo de algumas das mais importantes vitaminas: Precisamos tomar suplementos de vitaminas todos os dias?

5. Vitamina D De todas as vitaminas “clássicas” – os compostos orgânicos vitais descobertos entre 1913 e 1941 e batizados com as primeiras letras do alfabeto –, a D é de longe a mais benéfica para se ingerir em forma de suplemento. Uma revisão de uma série de estudos realizados sobre esse tema concluiu que a vitamina D é responsável pela diminuição da mortalidade geral em adultos. Outra pesquisa semelhante, do ano passado, chegou à mesma conclusão.

4. Probióticos Diversas pesquisa têm mostrado quão cruciais as trilhões de células bacterianas que vivem dentro de nós são na tarefa de regular a nossa saúde – e quão prejudicial pode ser eliminar uma parte delas de repente com um antibiótico. Em outras palavras, tomar o oposto de um antibiótico – um probiótico (o suplemento ou um alimento naturalmente rico em bactérias, como o iogurte) – com o objetivo de substituir as colônias de bactérias em seu intestino é uma boa ideia. Em 2012, uma análise de 82 estudos descobriu que o uso de probióticos (a maioria dos quais contendo bactérias do gênero Lactobacillus, naturalmente presentes no trato gastrointestinal) reduziu significativamente a incidência de diarreia depois de um tratamento com antibióticos.

3. Zinco A vitamina C não pode ser eficaz para prevenir ou tratar o resfriado comum, mas existe, sim, um suplemento que pode (e deve) ser amplamente utilizado para esse fim: o zinco. O mineral está envolvido em muitos aspectos diferentes do nosso metabolismo celular, e uma de suas funções é a de interferir na replicação do rinovírus.

2. Niacina Também conhecida como vitamina B3, a niacina é considerada uma possível cura para uma infinidade de problemas de saúde (incluindo colesterol alto, doença de Alzheimer, diabetes e dores de cabeça). Entretanto, na maioria dos casos, é necessária uma dose forte prescrita por um médico para se alcançar o resultado desejado. Os suplementos de niacina só possuem eficácia comprovada pela ciência para um grupo de pessoas: quem possui doenças cardíacas.

1. Alho Isso aí, alho! Além de usá-lo para temperar seu arroz, você também pode utilizá-lo – quando tomado como suplemento concentrado – como um tratamento surpreendentemente eficaz para pressão arterial elevada. Uma análise de 2008 de 11 ensaios clínicos constatou que, e uma maneira geral, comer alho todo dia reduz a pressão arterial, com os resultados mais significativos tendo sido observados em adultos que tinham pressão arterial elevada no início dos estudos.

Na medida certa Mesmo que sejam de vitaminas, os suplementos ingeridos em grande quantidade podem trazer muitos problemas ao corpo, fazendo com que toda a suplementação não tenha efeito ou, em alguns casos mais graves, provoque um efeito contrário.

Esse problema é denominado hipervitaminose. "Por mais paradoxal que possa parecer, o excesso de vitaminas no organismo pode causar desiquilíbrios metabólicos e levar aos mesmos prejuízos da falta de vitaminas", alerta Roberto Navarro. O nutrólogo apontou efeitos do excesso de algumas vitaminas bastante consumidas.

Top Ad 728x90