, , , ,

Obesidade infantil

É produzido pelo fígado e pela alimentação ingerida por cada pessoa. No entanto, existe o colesterol ruim e o bom.

A obesidade infantil
A obesidade infantil.
O que é obesidade?

Já o colesterol é uma gordura encontrada nas células e que é importante para o funcionamento do organismo. Essa gordura é usada pelas células para a produção das membranas celulares e dos hormônios esteróides (estrógenos e testosterona).

Prevenção para a obesidade infantil

Na prevenção da obesidade infantil tem que se seguir uma alimentação equilibrada e praticar atividade física. A obesidade infantil afeta cada vez mais crianças e por isso é importante a prevenção para evitar complicações na adolescência e na vida adulta.

A prevenção da obesidade infantil envolve: Boa alimentação da grávida, que deve dar preferência ao consumo de alimentos com baixo teor de gordura e de açúcar, evitando por isso alimentos industrializados; Amamentação do bebê exclusiva com leite materno até os 6 meses de vida; Dar preferência ao consumo de frutas, legumes e carnes magras quando o bebê começar a alimentar-se com alimentos sólidos; Evitar dar a experimentar às crianças até os 2 a os de idade os doces e alimentos ricos em gordura. Este cuidado é importante para que a criança aprenda a gostar de alimentos naturais que são mais saudáveis e tem um sabor menos intenso do que os industrializados.

Obesidade infantil
Obesidade infantil.
É produzido pelo fígado e pela alimentação ingerida por cada pessoa. No entanto, existe o colesterol ruim e o bom. O primeiro é o LDL (proteína de baixa densidade), que pode formar pequenos trombos, ou seja, pequenos aglomerados de células gordurosas que impedem a passagem do sangue pelos vasos sanguíneos e podem ocasionar doenças cardiovasculares. O segundo é o HDL (proteína de alta densidade), que impede o LDL de circular na corrente sanguínea.

Sobrepeso e obesidade são definidos pela OMS como o acúmulo de gordura anormal ou excessivo que apresenta um risco para a saúde. A obesidade é medida através do índice de massa corporal (IMC), calculado pela divisão do peso de uma pessoa (em quilogramas) pelo quadrado da sua altura (em metros). Uma pessoa com IMC igual ou superior a 25 é considerada com sobrepeso. Já uma pessoa com um IMC de 30 ou mais é geralmente considerada obesa.

A obesidade é um dos maiores desafios de saúde pública do século 21. O problema afeta muitos países, especialmente os economicamente desenvolvidos, e é mais grave quando se fala em obesidade infantil.

Números divulgados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em 2013 apontam que 2,8 milhões de pessoas morrem por ano por problemas decorrentes do excesso de peso. Segundo a Iniciativa de Vigilância da Obesidade Infantil, braço da OMS, em todo o mundo, um terço das crianças de 6 a 9 anos está obesa ou acima do peso.

Obesidade infantil
Obesidade infantil.


No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, uma em cada três crianças sofre com a doença.

Há anos a promoção desse tipo de alimento é apontada como um fator de risco significativo para a obesidade infantil e, numa idade mais avançada, para doenças crônicas associadas à alimentação, como doença cardíaca e câncer. “Hoje não há mais dúvidas sobre a influência das propagandas, sobretudo na televisão e nas escolas para o aumento excessivo do consumo de alimentos/bebidas industrializados e comercializados.

Estamos vivenciando um nova geração de crianças e adolescentes com excesso de peso que veem muitas horas de televisão (há relação direta entre horas assistindo televisão e ganho de peso), chamada por alguns autores de obesiTV”, escrevem a professora de nutrição da Unifesp, Ana Lydia Sawaya, e a nutricionista Andrea Filgueiras no artigo "Abra a felicidade? Implicações para o vício alimentar".

No artigo, as autoras destacam a sensibilidade das crianças frente às emoções e sentimentos prazerosos que os alimentos nocivos provocam e da qual a publicidade se aproveita. “Os três componentes da dieta moderna que respondem a essas características são: açúcar, gordura e sal; e a mistura deles em doses ‘certas’ tem efeito somatório na geração de prazer”, diz o texto.

Top Ad 728x90